Existe peleumonia e existe distrair o dente do cisne

Circulando essa semana a notícia de um médico que expôs de forma pouco profissional o jeito de falar de um paciente. O assunto rendeu, no mínimo, arrependimento, vergonha e talvez algum processo para o profissional. Só acho. Mas fica a reflexão…

É triste ver um cidadão que tem uma profissão que visa o cuidado do ser humano não ter o mínimo de sensibilidade para acolher a simplicidade do paciente. É engraçado o falar simples? Sim. É engraçado e até folclórico, dependendo do contexto. Assim como é engraçado ver uma criança trocar palavras e letras ou o sotaque e expressões regionais. O achar graça da simplicidade e cultura popular deve trazer junto empatia, carinho e compreensão da falta de oportunidade do outro.

Dente do cisne? Conhecemos sim!! E os cirurgiões (eu não!!!) sabem até como distrair  esse dente direitinho. O blog medodedentista, da Ana Tokus até já escreveu sobre isso: passa lá 😉  A propósito, tive o prazer de conhecer a Ana no Dia do Bruxismo de Curitiba 😀

Mas o deboche? Não. Debochar da fragilidade do outro é revoltante e atesta a incompetência emocional do suposto “superior”.

Nós não somos nem melhores nem piores do que nossos pacientes. Somos diferentes. O respeito pelo outro deve ser é a base da nossa conduta de vida: em casa, na rua, no consultório… Em toda parte!

A outra lição que fica desse episódio é novamente a questão do poder (e perigo!) das redes sociais. Lembram da história da “espetadinha na gengiva” da criança? Pois é. As coisas correm soltas aqui na rede… O médico em questão é bem jovem e certamente não imaginava que o post dele teria essa repercussão, apesar da suposta maturidade para ser médico e cuidar de vidas…

Mas vamos seguindo assim, colegas: trabalhando duro e sério para a humanização da assistência em saúde e todos sairão ganhando. E quem sabe chegará um dia em que a peleumonia e respeito estarão andando juntos?

Até a próxima!


Espaço reservado para recado para os meus alunos e ex-alunos:  

Ah se eu vir algum de vcs fazendo uma dessas… dedinho - atenção
Repetindo um dos meus mantras de sala de aula: eu passo para vocês o conhecimento técnico-científico, a moral e o caráter vocês trazem de casa…
Cuidem dos outros e se cuidem também. Se comportem como profissionais. Se preservem. Vamos honrar o diploma que fizemos por merecer. A Odontologia e a sociedade agradecem…

Anúncios

16 comentários sobre “Existe peleumonia e existe distrair o dente do cisne

  1. HERMANDA Barbosa disse:

    Adoro ler suas opiniões e conhecimentos. Que esse triste acontecimento sirva_ nos de aprendizado para termos ainda mais ética e lembrar que as redes sociais não é espaço para expor nossos pacientes. Bjs Prof linda!vc sempre arrasando!

    Curtir

  2. Cleto de Oliveira lira disse:

    É, minha filha, nem sempre o crescimento de uma consciência social, não se acompanha de um crescimento profissional. Ser um indivíduo de nível superior, não trás, de imediato, sua melhoria no campo da comunicação humana. É muito triste ver/ouvir, um cidadão, dito de nível superior, fazer comentários desairosos, com o que ouve, daqueles que não conseguiram alçar-se ao nível de educação que os mais felizes atingem. É como rir de um defeito físico de alguém, rir dos que não possuem a educação adequada ao bem falar. Fazer piada de um linguajar popular, é coisa de humorista, e não de um profissional de nossa área, médico ou dentista, cuja função é mitigar o sofrimento alheio, e não provocar riso, por conta da carência educacional de seu paciente.

    Curtir

  3. Lucia Coutinho disse:

    Concordo plenamente com esta colocação . O respeito ao próximo e a humanização de nossa profissão , é tudo que precisamos para fazermos o melhor pelo nosso cliente , ou seja , aquele Ser Humano que veio nos procurar , para que possa ser cuidado .
    Esta é uma das nossas missões como dentistas que respeitamos a nossa profissão e amamos o que fazemos . Fazer o bem , sem olhar a quem .

    Curtir

  4. Moema Cavalcanti disse:

    Perfeito o seu comentário !!!
    As pessoas devem estar mais atentas sobre as publicações na internet …..Bom senso deve ser uma medida bastante exigida nesse campo !!!! O tempo e a maturidade vão mostrando p as pessoas o limite das coisas !!!

    Curtir

  5. Fatima Ferreira dos Santos disse:

    Ótima abordagem para esse assunto, onde vemos mais uma vez o desrespeito e a insensibilidade de alguns profissionais da saúde….Lastimável que a boa educação e respeito humano estejam em desuso…

    Curtir

  6. Marisa Gianesella Bertolaccini disse:

    Infelizmente estamos na era da informação e não da formação! A superficialidade toma conta das redes sociais! Excelente colocação sobre tomar-se muito cuidado com esse assunto! Parabéns pelo blog! Sucesso!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s